Ministério da Criança

Inspiração 13º – Divisão Centro-Leste Africana e Natal

Fim no ano é sempre tudo mais corrido. É necessário, como já falei aqui, adiantar alguns programas antes que as famílias viajem e o 13º é um deles.

Claro que, não é uma obrigação adianta-lo. E tudo  deve ser conversado  e acordado com a direção da igreja.

O programa apresentado aqui, como de costume nessa data, vai incluir a promoção das crianças e também uma homenagem ao natal.

Vamos ao programa!

Direção da Escola Sabatina

Juvenis  (ou seja as crianças anunciarão tudo o que vai acontecer.)

Louvor

(2 músicas): Juvenis

Boas vindas: Juvenis

Oração: Juvenis 

Carta missionária: Primários (Com participação de outras classes)

 

O Anjo tímido – (História do Informativo para menores do dia 28 de dezembro)

Personagens

7 garotinhos – entre 8 e 4 anos vestidos com bermudas e calças sujas e velhas

1 garoto – com roupinha de igreja

1 garota com roupinha de igreja

Agigalle – garota de 14 anos

Umas 6 crianças para representar os Desbravadores

Umas 6 crianças para representar os Aventureiros

Professora da Escola Sabatina

Uma pessoa para servir o almoço

3 Crianças que vão falar o encerramento

Cenário e objetos

Pratos

Uma mesa com uma panela para servir a comida

Narrador: (Entram os garotinhos com pratos na mão e Abigalle) Sete garotinhos chamaram a atenção de Abigalle enquanto estava na fila do almoço após o sermão de sábado. Foi a primeira vez que a tímida moça de 14 anos havia visto os garotos na igreja. O garoto mais velho parecia ter oito anos. O mais novo, cerca de quatro. Alguns usavam bermudas e os outros vestiam calças compridas. Mas não importava o que vestiam, as roupas estavam sujas. Abigalle ficou se perguntando…

Abigalle (falando com a congregação): Que tipo de pais permitiria que os filhos fossem para a igreja com roupas sujas?

Narrador: Abigalle decidiu observar os garotos.

Abigalle (falando para si): Quero ajudá-los. Mas, como?

Narrador: Enquanto Abigalle observava curiosamente, os garotos chegaram à frente da fila na classe do Jardim da Infância da Escola Sabatina, em um simples prédio de madeira com chão batido em Kisumu, no Quênia. (Pode ter alguém encenando como se tivesse servindo o almoço) Várias mulheres colocaram nos pratos dos meninos arroz, feijão marrom, pão indiano chapati (um tipo de pão) e salada de repolho. Eles se sentaram e comeram no gramado em frente à classe da Escola Sabatina, sem conversar com ninguém. Após comerem, foram embora. (os meninos saem)

 No sábado seguinte, os sete garotos chegaram novamente para o almoço. (Os meninos entram) Entretanto, desta vez, eles se sentaram com outras crianças e fizeram novos amigos. Garoto visitante pergunta: Que igreja é esta? E o garoto da igreja reponde que é a Igreja Adventista do Sétimo Dia Vitória. O outro pergunta: A que horas vocês vêm à igreja? Às oito da manhã, responde a garota da igreja.

Narrador: Após o almoço, os visitantes ficaram para assistir à marcha dos desbravadores e aventureiros no gramado. (Entram os desbravadores) Um professor os convidou para participar da marcha. Eles ficaram envergonhados e sinalizaram negativamente com a cabeça. Mas, com a insistência da professora eles sorriram e participaram dos últimos 30 minutos da marcha. Abigalle observou os garotos durante toda a tarde.

Abigalle (confusa, para si): Por que será que eles usam roupas tão sujas? Quero ajudá-los. Mas, como?

Narrador: No sábado seguinte, os sete garotos chegaram para a Escola Sabatina e foram para a classe dos Primários. Eles ouviram o sermão e almoçaram. (Entram os desbravadores) Em seguida, participaram do Clube dos Aventureiros.

 Abigalle: Já sei como ajudá-los!

Narrador: Abigalle foi conversar com a professora da Escola Sabatina.

Abigalle (fala envergonhada com a professora): Com licença! Este é o terceiro sábado que aqueles sete garotos vêm à igreja com roupas sujas. Talvez precisem de ajuda. Podemos ajudá-los? Professora: Essa é uma grande ideia! Muito obrigada por falar sobre eles.

 Narrador: A professora se aproximou dos meninos e perguntou onde moravam. Eles disseram que viviam próximo da igreja, mas os pais não queriam que eles a frequentassem. Por isso, nos dois primeiros sábados, eles só participaram do almoço. No terceiro sábado, os pais deram permissão para que assistissem à programação. A professora também soube que os pais deles não tinham muito dinheiro. Por isso, fizeram uma campanha para comprar o uniforme dos aventureiros para os garotos.

Alguns membros contribuíram com dinheiro para comprar os tecidos azul e branco enquanto outros costuraram o uniforme. Os garotos ficaram muito felizes quando receberam as novas roupas! (Alguém vai a frente e entrega os uniformes a eles) Abigalle também ficou muito feliz! Ela estava encantada ao ver os garotos fazendo amigos e aprendendo sobre Jesus. (todos saem)

Sete meses se passaram e os garotos ainda frequentam a igreja aos sábados. Mas sempre com roupas sujas. Os uniformes dos aventureiros sempre estão limpos e arrumados. Agora aqui está algo interessante. Até hoje, os sete garotos não sabem que Abigalle os ajudou a conseguir o uniforme dos aventureiros. Eles não a conhecem e não sabem que ela os observou. Os meninos e Abigalle nunca se falaram. Ela não quer que eles saibam o que fez. Na verdade, ninguém sabe sobre esse ato de bondade, exceto a professora.

 Abigalle: (Abigale entra) Não sei por que senti o desejo de ajudá-los. Simplesmente surgiu no coração. Eu amo esses garotos. Oro quase todos os dias para que eles influenciem outros amigos e os pais para que visitem a igreja, e que todos, um dia, sejam batizados.

Criança dos primários 1:  Nos últimos três meses, ouvimos histórias sobre as coisas maravilhosas que Deus fez na vida de pessoas que moram na Divisão Centro-Leste Africana.

Criança dos primários 2:  Hoje, as ofertas ajudarão sete projetos dessa Divisão, incluindo a construção de um hospital no complexo da Igreja Adventista Vitória, onde Abigalle ajudou aqueles garotos.

Criança dos primários 3:  A exemplo dela, não precisamos de reconhecimento por ajudar o semelhante. Agradecemos pelas ofertas generosas que ajudam a espalhar as boas-novas sobre a vinda de Jesus.

As crianças vestidas com roupas africanas recolhem a oferta! (Alguma criança ou juvenil pode tocar)

africa

As professoras também podem se vestir de roupas típicas.

d86ad973-7747-43b8-bc99-9bb490cec88f

 

Promoção de Classe

Nesse momento as crianças que vão receber a promoção iram entrar todas de branco e coroa na cabeça. (Menos os juvenis, que já são grandinhos, né?). Os professores de cada classe irão agradecer e passar os seus alunos aos cuidados dos próximos que os receberão com palavras de carinho e amor.

Coro final

Todas as classes, vão cantar juntas uma música que conte a história do natal enquanto outras podem encenar. E todos podem estarem vestidos de roupas da época de Jesus. 

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé e casamento

 

p1250567

Vou deixar aqui algumas sugestões

Algumas sugestões de decoração

DSCN9453

9d13ccd0-270d-49d6-b168-409b9e2c4a3310ccae92-9734-424f-8c5b-7b87a4efc945

Ah  e tem a lembrancinha né?

O meu conselho é  que dê sempre coisas úteis para as crianças. Evitem os doces e personagens em geral. Pode ser algo que lembre a África ou a história do Natal.

Lápis decorados, Squeezes, bolsinhas sempre fazem o maior sucesso.

E nesse trimestre além de ganhar as crianças podem trazer brinquedos em bom uso para doação, roupas e até alimentos.

Olha a ideia dessa árvore de Natal! Aproveitamos uma pirâmide alimentar e as doações das crianças foram preenchendo a árvore.

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Que Deus abençoe a todos vocês e capacite a cada um sempre mais e mais!

Beijinhos,

Tati

 

Um comentário em “Inspiração 13º – Divisão Centro-Leste Africana e Natal

  1. Oi Tati vc vai postar algo sobre a escola cristã de férias para janeiro e tenho uma observação ( a menina da foto recolhendo oferta vestida de africana com estampa de onça que é animal típico da América do sul poderia ser trocada por uma estampa de animais africanos zebra, girafa, leopardo …

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s